Escravidão no Cariri


A história do Brasil tem a marca da escravidão. Documento do acervo do CEDOCC.


"Petição do Capitão Jose do Monte Furtado ao Juízo de Ausentes.

O peticionário requereu receber o escravo João, gentio de nação Angola, preso por ter fugido de seu dono, o Tenente- Coronel Manoel Ignacio de Araujo. O escravo havia sido preso na cidade de Oeiras, na província do Piauí.

Acompanha um termo de fiança e responsabilidade e a conta do carcereiro.


Localidade: Crato".


Cód.deRef:BR.CECEDOCC,FHP;Cv,Es

Título: Escravidão

Data crônica: 1855.

Fundo Fórum Hermes Parahyba - Crato.

22 visualizações0 comentário