© 2017 por Comissão Organizadora. Laboratório de Pesquisa em História Social - LABORE - URCA 

Contato: historiasertoes@gmail.com

O Geopark Araripe 

"O Geopark Araripe, localizado no Ceará, é o primeiro geoparque das Américas reconhecido pela UNESCO.

Estendendo-se pela área de seis municípios cearenses: Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri e totalizando 3.796 km², o parque apresenta um vasto patrimônio biológico, geológico e paleontológico.

 

Inicialmente, parte de seu território já era reconhecido como Área de Proteção Ambiental Chapada do Araripe desde 1997, no planalto entre 700 e 900 metros de altura localizado próximo à divisa do Ceará com os estados do Piauí e Pernambuco.

Essa região contém a principal jazida de fósseis cretáceos do Brasil. Isso inclui a maior concentração de vestígios de pterossauros do mundo, além de 20 ordens diferentes de insetos fossilizados, com idade aproximada 110 milhões de anos. Também, destacam-se os fósseis preservados das primeiras plantas com flores, que demonstram as interações primitivas entre insetos e plantas.

Desde setembro de 2006, está integrado à Rede Mundial de Geoparques, e é reconhecido pela UNESCO como um relevante patrimônio geológico e paleontológico mundial. Foi o primeiro geoparque reconhecido nas Américas, que hoje conta também com o geoparque uruguaio Grutas del Palacio na rede.

Um dos objetivos do geoparque, localizado no sul do estado, na região do Cariri, em meio ao semiárido nordestino, é preservar as riquezas naturais da Chapada do Araripe.

(Fonte: Wikipedia) 

Link da UNESCO sobre os Geoparks:  http://www.unesco.org/new/en/natural-sciences/environment/earth-sciences/